O escritor Juan Goytisolo foi hoje galardoado com o Prémio Cervantes 2014, considerado o principal galardão da literatura latino-americano, segundo anunciou o Ministro da Educação, Cultura e Esportes, José Ignacio Wert.

Com a decisão deste ano cumpriu-se a tradição de que o prémio de 125 mil euros recai alternadamente em Espanha e na América Latina, tendo no ano passado sido galardoada a escritora mexicana Elena Poniatowska.

Juan Goytisolo (Barcelona, 1931) é um dos escritores com mais tradição narrativa da língua espanhola.

É considerado um interlocutor entre a cultura europeia e islâmica e é também um dos intelectuais mais críticos.