A polícia escocesa deteve 77 pessoas numa mega investigação a abusos sexuais de menores depois de mais de 500 crianças terem sido identificadas como vítimas ou potenciais vítimas.

A mais nova das 523 crianças tem apenas três anos de idade e a mais velha 18. Dessas crianças e jovens, 122 foram encaminhadas para serviços de proteção de menores.

A operação levada a cabo pelas autoridades escocesas entre junho e julho, só agora revelada, resultou ainda na recuperação de mais de 30 milhões de imagens de abusos de menores. Foram realizadas buscas nas habitações de 83 suspeitos, tendo sido analisadas 100 mil contas de chat e confiscados quase 550 computadores.

Só num desses computadores, haveriam mais de 10 milhões de imagens de abusos sexuais.

A Operação Lattise, que durou seis semanas, envolveu cerca de 130 investigações separadas e conta já com quase 400 acusações.