O Presidente do México, Enrique Peña Nieto, afirmou, esta terça-feira, que o seu Governo vai trabalhar de forma estreita com os Estados Unidos para que a reforma migratória anunciada pelo seu homólogo norte-americano, Barack Obama, beneficie mais mexicanos.

Enrique Peña Nieto recebeu, esta terça-feira, o secretário da Segurança Interna dos Estados Unidos, Jeh Johnson, na residência presidencial, numa reunião em que ratificaram o compromisso de ambos os Governos relativamente à cooperação em vários domínios da agenda bilateral.

O Presidente mexicano expressou reconhecimento durante o encontro relativamente às medidas administrativas de Obama em matéria de migração, as quais podem beneficiar um grande número de mexicanos que vivem atualmente nos Estados Unidos.

Obama anunciou, no mês passado, medidas que irão favorecer cinco dos mais de 11 milhões de indocumentados que vivem no país.

Os principais beneficiários serão os mexicanos, com filhos norte-americanos, que provem estar radicados no país antes de 01 de janeiro de 2010 e que não possuam antecedentes criminais.

Peña Nieto explicou que a rede de consulados do México nos Estados Unidos prepara-se para prestar a assistência e os serviços requeridos.

O Presidente mexicano e o secretário norte-americano falaram ainda sobre o trabalho conjunto no domínio da segurança fronteiriça, com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento económico e a competitividade na região, indica a agência Efe.

Também assinalaram o compromisso de reforço das iniciativas bilaterais no quadro da redução dos incidentes de violência na zona fronteiriça e a vigiar o respeito pelos direitos humanos dos migrantes.