Estão contados todos os votos no Reino Unido. O Partido Conservador de David Cameron elegeu 331 deputados, mais do que suficiente para garantir uma maioria absoluta no parlamento britânico.

Já o Partido Trabalhista, cujo líder Ed Miliband se demitiu esta manhã, ficou-se pelos 232 mandatos.

O suposto empate que as sondagens anteviam revelou-se numa diferença de 99 deputados, o que já motivou a abertura de um inquérito.

 



O sistema eleitoral no Reino Unido faz com que a soma dos votos a nível nacional (último gráfico) não tenha correspondência com o número de mandatos no parlamento. 

Os 650 lugares na Câmara dos Comuns correspondem à eleição de um deputado por cada círculo eleitoral e, para isso, só contam os votos dessa circunscrição.

O UKIP acabou por ser o partido mais prejudicado por este sistema, uma vez que conseguiu 13 por cento dos votos a nível nacional, mas elegeu apenas um deputado.