Um ataque a militares, que causou mortos, e uma baixa participação marcaram as eleições legislativas na Líbia, realizadas esta quarta-feira. Das eleições espera-se que resulte o fim da instabilidade existente desde a queda do regime de Muammar Kadhafi.

De acordo com a AFP, pelo menos três soldados, destacados para garantir tranquilidade na segunda principal cidade do país, Benghazi, foram mortos. Os soldados foram mortos na sequência de ataque à coluna militar por milicianos islamitas, disseram fontes do setor da segurança.

A cidade de Benghazi, no leste do país, onde ocorreu em 2012 um assalto ao consulado dos EUA, tem estado sob tensão desde que um antigo comandante rebelde lançou, em maio, uma ofensiva contra um poderoso grupo islamita, suscitando a adesão de várias unidades militares.