Donald Trump, pelo Partido Republicano, e Bernie Sanders, pelo Partido Democrata, ganharam as primárias no estado de New Hampshire, Estados Unidos, que decorreram na terça-feira, estando assim na linha da frente dos respetivos partidos para a candidatura à Casa Branca.

O milionário já reivindicou a sua primeira vitória na corrida à nomeação como candidato republicano a Presidente dos EUA nas eleições deste ano, que estão marcadas para novembro.

Segundo resultados preliminares, John Kasich ficou em segundo lugar nas votações do Partido Republicano no estado de New Hampshire, com Donald Trump a obter o dobro dos votos do seu "colega" republicano.

Na primeira reação, o milionário acusou o rival democrata de querer "dar" os Estados Unidos e prometeu "ser o maior Presidente criador de emprego que Deus alguma vez criou".

Já o senador norte-americano Bernie Sanders derrotou a ex-secretária de Estado Hillary Clinton nas primárias do Partido Democrata. 

Tanto Sanders como Clinton já reconheceram este resultado, depois de o senador ter conseguido uma margem elevada de vantagem sobre a ex-governante.

“Juntos, enviámos uma mensagem que fará eco de Wall Street a Washington”, afirmou Sanders, na reação aos resultados, apontando o dedo aos ricos e poderosos.

O processo eleitoral para as Presidenciais norte-americanas deste ano arrancou a 1 de fevereiro no Iowa, com o caucus (assembleias populares).

O Estado de New Hampshire é o primeiro a realizar primárias e o segundo a eleger delegados.