Continua a corrida aos lugares de candidatos para as eleições de 8 de novembro, que vão eleger o novo Presidente dos Estados Unidos da América. Democratas e republicanos vão de novo a votos este sábado e domingo em seis Estados, onde os pré-candidatos de cada partido vão disputar mais de uma centena de delegados, para juntar aos já adquiridos em outras primárias e caucus.

Veja também: qual a diferença entre primárias e caucus?

Do lado dos democratas são quatro os Estados a votos: Kansas (caucus), Lousiana e Nebraska (caucus), no sábado, e o Maine, no domingo. Os pré-candidatos disputam aqui 155 delegados, dos quais 22 são super delegados – que têm liberdade de voto na Convenção Nacional de julho, de onde sairá o candidato do partido.

Qual a importância dos delegados? Estes são os representantes do partido que votam nos pré-candidatos na Convenção Nacional. No total, do lado dos democratas, são 4765, dos quais são necessários 2383 (metade, mais um) para garantir a nomeação para enfrentar a escolha dos republicanos no sufrágio de 8 de novembro.

Bernie Sanders e Hillary Clinton
Bernie Sanders e Hillary Clinton

Hillary Clinton é a candidata com o maior número de Estados ganhos (dez, mais o território da Samoa Americana) e parte como favorita para as primárias e caucus deste fim de semana. Dos tais 2383 delegados necessários para a nomeação democrata, a ex-secretária de Estado já tem 1052 (595 + 457 super delegados), mais do dobro do seu rival partidário, Bernie Sanders, que tem 427 (405 + 22 super delegados) em cinco Estados.

Do lado dos republicanos são cinco os Estados que vão votar: Kansas (caucus), Kentucky (caucus), Louisiana e Maine, no sábado, e o território do Porto Rico, no domingo.

Com a desistência de Ben Carson após as primárias da super terça-feira, desta vez são quatro os pré-candidatos republicanos a disputar os 178 delegados republicanos: Donald Trump, Ted Cruz, Marco Rubio e John Kasich.

Veja também: a importância da super terça-feira e respetivos resultados

Tal como acontece com os democratas, os republicanos têm de conseguir metade, mais um, do total dos delegados que votam na Convenção Nacional de julho: exatamente 1237, de 2472. A ordem dos nomes acima respeita o número de Estados e delegados já conseguidos por cada pré-candidato, Donald Trump está na frente, com dez Estados e 319 delegados, Cruz atrás com quatro Estados e 226 delegados, Rubio logo a seguir com um Estado e 110 delegados e, por fim, Kasich, ainda sem qualquer Estado e 25 delegados.

Marco Rubio (C-E), Donald Trump (C-D), John Kasich (B-E) e Ted Cruz (B-D)
Marco Rubio (C-E), Donald Trump (C-D), John Kasich (B-E) e Ted Cruz (B-D)

Donald Trump e Ted Cruz estão na frente, mas isso não garante os votos destes Estados. Por exemplo, após o debate aceso de quinta-feira, onde novamente os três principais pré-candidatos trocaram insultos entre si, pode ter conseguido votos para John Kasich, o mais moderado, e que se tem afastado de ataques mais diretos aos rivais.

Devido às diferenças horárias com Portugal (e entre os próprios Estados), os resultados das primárias e caucus são conhecidos durante as madrugadas e manhãs de domingo e segunda-feira.

Veja abaixo o mapa dos Estados que já foram a votos.

(Passe o rato por cima do mapa para verificar os respetivos vencedores)

Veja AQUI o calendário eleitoral das primárias e caucus.