O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, apelou esta segunda-feira à moderação e ao respeito pelos direitos dos cidadãos ucranianos numa conversa telefónica com o Presidente daquele país, Viktor Ianukovich, na sequência dos violentos confrontos em Kiev.

Segundo uma nota da Comissão Europeia, nesta conversa ao telefone, Barroso defendeu que os alegados casos de uso de força excessiva por parte da política ucraniana devem ser investigados o mais rapidamente possível e que o Governo deve procurar alcançar um compromisso com todas as forças políticas.

O chefe do executivo comunitário disse ainda a Ianukovich que os direitos e liberdades dos cidadãos devem ser respeitados e sublinhou que os confrontos dos últimos dias na capital da Ucrânia só podem ser ultrapassados através de uma solução política e pacífica.