Pelo menos cinco rebeldes morreram na região tribal paquistanesa, junto à fronteira com o Afeganistão, em mais um ataque com um drone norte-americano.

 

O ataque aconteceu ao início da manhã desta quinta-feira em Nargas, nos arredores de Wana, a principal cidade da região tribal do Waziristão do Sul, conhecida por ser uma das bases dos talibãs.

 

Testemunhas contaram à Reuters que uma das vítimas mortais será um comandante dos talibãs.

 

Os ataques com drones norte-americanos têm-se intensificado nas últimas semanas, numa altura em que as tropas dos Estados Unidos terminaram oficialmente as suas operações no Afeganistão.

 

Apesar de terem lançado uma ofensiva militar em junho contra os talibãs, as autoridades paquistanesas têm manifestado oposição às operações com drones norte-americanos, salientando que estas, sem autorização, violam a sua soberania.

 

No entanto, analistas internacionais salientam que o facto dos Estados Unidos terem retomado os ataques concede espaço às autoridades paquistanesas para negociarem com os talibãs.