Dalai Lama juntou-se ao debate da legalização da marijuana ao dizer à audiência no México que apoia o uso da droga para fins medicinais.

Durante o evento no estado de Guanajuato, esta terça-feira, o líder espiritual tibetano afirmou que a «exceção» para fumar droga é se esta for usada para fins medicinais, avança a «AFP».

Clarificando a sua posição, Dalai Lama afirmou que, no entanto, não apoia o uso da droga de forma livre.

Os líderes mexicanos estão a considerar legalizar o uso da droga. Vicente Fox, presidente mexicano, que presidiu ao encontro, apoia a legalização de forma a acabar com o desvio de dinheiro e com os poderosos cartéis de droga.