O congressista republicano de origem açoriana Devin Nunes será o próximo presidente do Comité de Informação da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.

Em comunicado que a Lusa cita, Devin Nunes disse sentir-se «humilde e honrado» por lhe confiarem o cargo, sobretudo «num momento em que os Estados Unidos enfrentam grandes desafios internacionais e significativas ameaças terroristas».

O congressista, de 41 anos, substitui Mike Rogers na presidência do organismo que supervisiona os serviços secretos e de recolha de informações.

Devin Nunes é um dos luso-americanos que mais tem lutado pela manutenção da Base das Lajes, na ilha Terceira, com diversas propostas legislativas.

Neto de emigrantes açorianos de Fajã dos Vimes, na ilha de São Jorge, Devin Nunes representa o 22.° distrito da Califórnia desde 2003. Nas últimas eleições, disputadas no passado dia 04, derrotou a democrata Suzanna Aguilero-Marrero com uma margem superior a 40 pontos.

O congressista considerou o trabalho do comité que vai liderar, que integrava desde 2010, como "vital", porque, acrescentou, «uma forte supervisão do Congresso sobre a comunidade dos serviços de informação é critica para a postura nacional de Defesa» dos Estados Unidos.

A revista Time incluiu-o na lista «40 under 40» em 2010.

«Nos últimos quatro anos, o Devin tem sido fundamental em assegurar que os nossos profissionais de informações têm os recursos necessários para manter a América segura. Ele fez perguntas duras e conduziu uma supervisão séria para manter a administração Obama responsável», disse o presidente da Câmara dos Representantes, John Boehner, em comunicado, garantindo que «está ansioso para trabalhar» com o lusodescendente.