Um violento acidente entre uma carrinha e uma limusina acabou por tirar a vida a quatro damas de honor que saíam de uma despedida de solteira, no sábado, em Long Island, nos EUA. 
 
Segundo a CBS, um agente da polícia afirmou que este foi um dos “piores acidentes” que já viu, uma vez que a limusina foi quase cortada ao meio.
 

“A carrinha estava quase a meio da limusina”, relatou uma testemunha ocular ao New York Daily News, acrescentando que era possível “ver corpos pendurados no lado esquerdo do carro. Pareciam raparigas jovens. Só se viam braços, cabeças e cabelo”.

 
Para além das vítimas mortais, viajavam ainda outras quatro pessoas na limusina, incluindo o motorista e a noiva. O motorista encontra-se internado, devido aos ferimentos, tal como a noiva, que está em estado crítico no hospital. Brittney M. Schulman, Stephanie Belli e Amy R. Grabina, de 23 anos, e Lauren Baruch, de 24 anos, acabaram por morrer no local.

O condutor conduzia embriagado e fugiu do local depois de ter chocado com a limusina.  Steve Romeo, de 55 anos, foi detido e culpado pelo acidente.