Um grupo de homens armados matou, esta segunda-feira, um deputado na capital da Somália, Mogadíscio.

«Adulahi Qayad Bare foi fatalmente baleado quando saia da sua casa para ir para o Parlamento», afirmou o seu colega Abdukarim Hajji, citado pela agência AFP.

Este éo mais recente caso de uma vaga de homicídios de políticos no país.