Desabou, ainda na quarta-feira, um edifício residencial localizado no centro histórico de Havana, a capital de Cuba.

Quatro pessoas morreram e três outras ficaram feridas na sequência do colapso do prédio, informou a televisão estatal, que é citada pela Lusa.

Segundo dados oficiais, as vítimas mortais são um menino de três anos, dois jovens de 18 e uma mulher de 60 anos.

As autoridades investigam as causas do colapso no edifício , de dois andares, incluindo “o alcance e o caráter legal” das obras que se realizavam no interior do apartamento do primeiro piso.