As autoridades venezuelanas detiveram 212 pessoas, no âmbito de uma megaoperação policial contra a criminalidade, que teve lugar na segunda-feira, num conjunto de habitações sociais desenvolvidas pelo Governo em Montalbán, a oeste de Caracas.

"São 212 detidos que estão em processo de identificação, dos quais 26 são pessoas de origem colombiana. Foram capturados seis cidadãos que eram procurados por homicídio, roubo e violação de menores. Outro foi detido por 'bachaqueo' (revenda ilegal e açambarcamento de produtos) e mais três por micro-tráfico de drogas", anunciou o ministro do Interior, Justiça e Paz.


Segundo Gustavo González López a ação policial faz parte do programa governamental Operação Libertação e Proteção do Povo, durante o qual uma outra pessoa foi ainda detida por "aproveitamento de objetos provenientes do delito", cita a Lusa.