Um professor matou a tiro seis colegas nesta quinta-feira, num departamento escolar na província de Jazan, na Arábia Saudita.

Há também registo de dois feridos.

De acordo com a agência Reuters, que cita o porta-voz do Ministério do Interior, o general Mansour Turki, o homem foi já detido pelas autoridades.

Não são conhecidos, para já, os motivos do homicida.

Este tipo de casos são raros na Arábia Saudita, mas o tiroteio está a ser tratado como um ato criminoso e não como suspeita de terrorismo.