No primeiro semestre de 2017 foram assassinadas 6.363 pessoas na Venezuela, segundo dados do Observatório Venezuelano de Segurança (OVS) divulgados hoje pela imprensa venezuelana.

"No território nacional [venezuelano]", no qual vivem 31.828.110 pessoas, "acumula-se uma taxa de 20 homicídios por cada cem mil habitantes", explica o portal La Patilla, citando o OVS, um organismo do Ministério do Interior e Justiça.

Os dados dão conta dos cinco estados nos quais se regista o maior número de homicídios: Miranda (927), Arágua (597), Zúlia (569), Carabobo (542) e Bolívar (499).

A sexta entidade federal na qual se regista o maior número de assassínios é o Distrito Capital, com 470 homicídios, seguido por Lara (315), Monágas (291), Sucre (284), Guárico (220), Barinas (217), Anzoátegui (210) e Portuguesa (179).

Amazonas (47), Delta Amacuro (44) e Vargas (41) são os estados que apresentam a taxa de homicídios mais baixa.