O Tribunal Penal Internacional (TPI) anunciou esta quarta-feira que irá julgar o antigo Presidente da Costa do Marfim Laurent Gbagbo por crimes contra a humanidade alegadamente cometidos durante o impasse eleitoral de 2010-2011.

Na reunião que antecede o julgamento, o TPI confirmou «a acusação de quatro crimes contra a humanidade cometidos por Laurent Gbagbo, que será levado a julgamento», afirmou o TPI numa declaração antecipada.

As acusações incluem homicídios, violações e perseguições políticas cometidas durante o período pós-eleitoral em 2011 nesta nação do oeste africano, das quais resultaram mais de 3000 mortos.