Um novo vídeo sobre os últimos minutos a bordo do ferry Sul Coreano que naufragou a 16 de Abril mostra o pânico de muitos dos cerca de 480 passageiros a bordo. As imagens foram capturadas pelo telemóvel de Park Su-hyeon, de 17 anos, uma das vítimas mortais. O pai do jovem teve acesso a elas e tornou-as agora públicas.

O aparelho foi recuperado pela Guarda Costeira sul-coreana. O vídeo, de cerca de 15 minutos, foi cedido à televisão sul-coreana pelo pai do jovem. Depois da exibição, o vídeo foi colocado no YouTube e visto por quase 300 mil pessoas.

Mostra o pânico vivido a bordo, mas também desconhecimento sobre o que realmente estava a acontecer e sobre a dimensão da gravidade da situação.

De acordo com uma tradução das imagens feita pelo jornal «The New York Times», um jovem grita «Parece que é o fim!». A CNN traduz outro excerto: «Vai ser como no titanic?», pergunta um estudante; «Achas que vamos mesmo morrer?», questiona outro.



Há mesmo um jovem que nitidamente não percebeu o que estava a acontecer. Quando o navio começou a naufragar, exclamou: «Isto é divertido!».

A bordo do ferry, seguiam 476 pessoas. Trezentos e vinte cinco eram estudantes do ensino secundário. Há já 212 mortos confirmados, mas há quase uma centena de pessoas ainda desaparecidas.