Um marinheiro sul-coreano, que foi sequestrado na década de 1970 pela Coreia do Norte, regressou à sua terra natal, depois de ter conseguido fugir, informou esta sexta-feira o Ministério da Unificação de Seul.

Jeon Wook-pyo, de 68 anos, fugiu, no início do mês passado, da Coreia do Norte e conseguiu entrar recentemente na Coreia do Sul, disse à agência Efe uma porta-voz do ministério, que não especificou, no entanto, o dia de regresso nem a rota seguida, por estar a investigar o caso.

Segundo a responsável, atualmente, Jeon Wook-pyo encontra-se «sob investigação», um protocolo seguido pelas autoridades sul-coreanas por motivos de segurança nos casos de refugiados provenientes do Norte.