Um dos mergulhadores envolvidos nas buscas de desaparecidos do ferry sul-coreano Sewol morreu após perder a consciência durante um mergulho aos compartimentos do navio que podem conter corpos dos ainda 40 desaparecido.

O mergulhador, de 53 anos, identificado apenas como Lee, foi levado para um hospital na cidade de Mokpo (sudoeste) por volta das 7:00 locais (23:00 de segunda-feira em Lisboa), onde morreu logo depois, informou a agência Yonhap.

A equipa de resgate, composta por mergulhadores da Marinha, da Guarda Costeira e mergulhadores civis cumprem o 21.º dia de buscas das vítimas do ferry em condições adversas com fortes ventos e marés, regista a Lusa.