Um grupo de idosas com idades entre os 58 e os 80 anos reúne-se todos os dias para um treino de duas horas de taekwondo, na Coreia do Sul, refere a Sky News.

VEJA O VÍDEO

No país em que esta arte marcial nasceu, 22 senhoras desafiaram a idade e tornaram-se cinturão negro.

«Se algum punk ficar bêbado e tentar fazer alguma coisa estúpida, consigo atirá-lo ao chão num só golpe», disse Park Yeong-Ja, de 72 anos.

A história de Ji Bok Yeon, de 75 anos, não é menos impressionante. Há nove anos, foi-lhe diagnosticado um cancro: «Os médicos deram-me um tratamento de 30 meses, mas foi o taekwondo que me curou.»

A equipa de taekwondo, denominada «avós», faz várias demonstrações em festivais e em cerimónias. E nunca precisam de levar segurança, claro.