O governo japonês vai ter um novo sistema para emitir alertas quando forem realizados lançamentos de mísseis da vizinha Coreia do Norte, informou a estação de rádio e televisão pública NHK.

Atualmente, sempre que o regime de Pyongyang realiza um teste com projéteis, o sistema J-Alert notifica os Governos municipais, caso a trajetória dos mísseis implique que estes possam atingir território nipónico.

A nova rede de resposta vai alertar todos os aviões que se encontrem em espaço aéreo nipónico e todos aqueles navios que se encontrem a navegar dentro da Zona Económica Especial (ZEE, espaço que se estende a cerca de 370 quilómetros a partir das costas) do Japão.

Seul saúda condenação da ONU ao teste de mísseis da Coreia do Norte

A Coreia do Sul manifestou apoio à condenação do Conselho de Segurança da ONU ao mais recente lançamento de mísseis da Coreia do Norte, que abre a porta a possíveis sanções ao regime norte-coreano.

Seul "saúda a rápida declaração de denúncia do Conselho de Segurança” e “continuará com os seus esforços diplomáticos para aplicar de forma estrita as suas resoluções em estreita cooperação com a comunidade internacional”, disse o Ministério dos Negócios Estrangeiros em comunicado.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou na terça-feira o novo ensaio com mísseis realizado pela Coreia do Norte, enquanto vários membros defenderam a necessidade de estudar novas medidas contra o regime de Pyongyang.