esperar que sejam tomadas novas medidas


«Não espero nenhuma solução rápida que resolva as causas da imigração, porque não há. Se existissem, já as teríamos usado há muito. Mas espero que a Comissão e o Serviço Europeu de Ação Externa apresentem opções para ações imediatas. E espero que os Estados-membros contribuam imediatamente».



«A situação no Mediterrâneo não é uma preocupação apenas dos Estados-membros do sul, diz respeito a todos nós, e é por isso que temos que agir, juntos e agora».