Dois homens de 43 e 71 anos condenados à morte pelo assassinato dos pais há 28 anos e de um idoso há 35 anos, respetivamente, foram executados na quarta-feira nos estados norte-americanos do Texas e Arizona.

De acordo com um porta-voz da justiça do Texas, citado pela agência AFP, Michael Yowell, de 43 anos, foi executado por ter matado os pais há 28 anos e roubado o seu dinheiro para comprar droga, tendo sido declarado morto às 19:11 (01:11 em Lisboa).

No Arizona, Edward Schad, de 71 anos, que estava no corredor da morte por ter matado um idoso em 1978, foi declarado morto às 10:12 (18:12 em Lisboa), segundo um porta-voz dos serviços prisionais locais.