A companhia aérea Delta Airlines anunciou na última terça-feira o pagamento de cerca de 950 milhões de euros dos lucros da empresa aos seus 85 mil funcionários. Este montante ocupa o segundo lugar no top dos lucros distribuídos por esta companhia aérea norte-americana. Para além disso, é o terceiro ano consecutivo em que os funcionários recebem uma quantia avultada e a rondar os mil milhões de euros.

Desde 2015, os funcionários da companhia tem visto o valor base do seu ordenado aumentar exponencialmente, cerca de 25% até à data.

Estamos muito orgulhosos e entusiasmados por poder celebrar o dia 14 de fevereiro com a equipa Delta em todo o mundo, que serve os nossos clientes e torna a companhia a de maior confiança em todo o mundo”, afirmou o CEO da empresa, Ed Bastian, citado pelo Business Insider.   

Este incentivo monetário representa cerca de 10% do ordenado bruto de cada funcionário, um valor previsto no plano de partilha de lucros da companhia. Até porque, de acordo com a Delta Airlines, a empresa tem como objetivo oferecer esta percentagem aos funcionários sempre que o lucros o justificarem. E, sublinha, esse valor pode chegar aos 20% em incentivos, caso o lucro da empresa se aproxime dos dois mil milhões de euros.

Contas feitas, nos últimos cinco anos, a iniciativa de partilhar os lucros já rendeu aos trabalhadores perto dos 4 mil milhões de euros ao trabalhadores.