Seis pessoas morreram e 15 ficaram feridas quando um metro de superfície colidiu com um carro no norte de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O carro estava a atravessar os carris quando se deu a colisão, incendiando a primeira carruagem do comboio e o veículo motorizado que ficou preso nos carris e foi arrastado pelo menos 400 metros.

Cinco passageiros da composição que levava 750 pessoas morreram, tal como a condutora da viatura.

O acidente teve lugar já ao final do dia de trabalho de terça-feira na metrópole. As imagens trazidas à luz do dia desta quarta-feira descrevem a violência do acidente.



As vítimas mortais ficaram totalmente queimadas, não sendo possível identificá-las pelo ADN, estando a equipa forense a analisar os registos dentários para poder proceder a esse reconhecimento.

Dos 15 feridos, nove ficaram em estado grave, de acordo com a CNN.

O mayor de Nova Iorque ficou «horrorizado» quando chegou ao local. Este foi o pior acidente envolvendo a empresa do metro, nos seus 32 anos de existência.