Um fotógrafo e um voluntário ucranianos foram mortos por bombardeamentos no sábado no leste da Ucrânia, apesar do decretado cessar-fogo.

O fotógrafo do jornal ucraniano «Segodnia», Serguiï Nikolaïev, e um combatente do grupo nacionalista paramilitar Pravy Sektor [Setor Direito] foram mortos em Piski, localidade perto das ruínas do aeroporto de Donetsk, disse à AFP um combatente daquele grupo no local. A redação do jornal confirmou a morte do fotógrafo.

Nenhuma baixa das forças governamentais ucranianas foi reportada nas últimas 24 horas.