O presidente democrata da autarquia de Nova Iorque, Bill de Blasio, anunciou na segunda-feira que vai entregar documentos de identidade municipais aos residentes indocumentados da metrópole norte-americana.

«Nova Iorque é a nossa casa, de todos. Não toleraremos que alguns dos seus habitantes aí vivam na sombra», declarou De Blasio, em castelhano, durante um discurso em que revelou as suas prioridades para 2014.

«Vamos proteger o meio milhão de nova-iorquinos indocumentados cujas vozes não se fazem ouvir de forma audível. Vamos considerar todos os nova-iorquinos, sem olhar para o seu estatuto perante os serviços de imigração e entregar-lhes bilhetes de identidade municipais», acrescentou o sucessor de Michael Bloomberg à cabeça da metrópole que conta 8,3 milhões de habitantes, dos quais 2,3 milhões são de origem latino-americana.