Os trabalhadores da fabricante de iogurtes gregos Chobani, nos Estados Unidos, tiveram uma surpresa inesperada esta semana. No total, dois mil funcionários foram presenteados com ações da empresa que podem tornar alguns deles milionários.

De acordo com o jornal The New York Times, quanto mais tempo um funcionário trabalhou na empresa, maior o número de ações que lhe foi atribuído. O valor pago aos mais antigos é estimado em cerca de um milhão de dólares (quase 900.000 euros).

Segundo Hamdi Ulukaya, o presidente da marca, o objetivo é recompensar os trabalhadores pela riqueza que ajudaram a construir. A Chobani está avaliada, atualmente, em alguns milhões de dólares.

Construí algo que nunca pensei que tivesse tanto sucesso, mas a Chobani nunca estaria onde está sem estas pessoas”, explicou Ulukaya. “Agora, eles vão trabalhar ainda mais para que a empresa cresça e pelo futuro deles ao mesmo tempo.”

As ações que os funcionários receberam podem ser vendidas se a empresa fizer uma oferta inicial de ações ou se for comprada por outra empresa.

Nenhuma das duas hipóteses parece-me iminente”, explicou o presidente.

Quando se reformarem, os trabalhadores podem ficar com as ações ou vendê-las à empresa.