A polícia de Xi'an, capital da província de Shaanxi, no noroeste da China, deteve três suspeitos de roubarem cerca de cerca de 76 milhões de euros em moeda virtual com recurso a 'hackers', informaram as autoridades locais.

A polícia de Xi'an recebeu uma queixa em março de um homem que alegava que o seu computador tinha sido atacado por piratas informáticos, noticia hoje a agência de notícias chinesa Xinhua.

A polícia conseguiu descobrir os suspeitos após uma investigação que contou com "a ajuda de várias empresas de internet chinesas", acabando por deter os presumíveis autores do crime a 15 de agosto.