Três pessoas foram detidas pela polícia da província chinesa de Shandong depois de uma pessoa ter morrido e nove ficarem intoxicadas devido a uma fuga de um produto venenoso que contaminou vários pacotes de correio, noticiou o diário «South China Morning Post».

A vítima mortal, Liu Xingliang, um homem da localidade de Guangrao, em Shandong, morreu depois de inalar fluoroacetato metil que tinha derramado nuns sapatos recebidos por correio depois de terem sido transportados junto de um recipiente com este produto tóxico no mesmo camião de transporte de correio.

A mulher e filha da vítima mortal também foram intoxicadas, bem como outros destinatários de outros pacotes postais e cinco funcionários da empresa Weifang Jieshuntong Express Delivery.

Ao ser conhecido o caso, a polícia deteve o diretor da empresa, o destinatário do líquido e um representante do remetente do produto utilizado em tintas, fármacos e como pesticida.

Até agora, apenas o produtor do tóxico foi multado em 28.000 yuan (cerca de 3.370 euros) depois da empresa de transporte ter garantido que não foi informada da perigosidade do produto no seu envio.