A antiga vice-presidente de Taiwan, Annette Lu, do Partido Democrata Progressista (PDP), iniciou uma greve de fome para pedir a libertação, por razões de saúde, do ex-presidente Chen Shui-bian, que cumpre pena de prisão por corrupção.

Annette Lu iniciou a greve de fome no domingo e disse não ter prevista para terminar a ação de protesto. Anette Lu deixou um desafio: quer ver «se o Presidente Ma Ying-jeou é um animal de sangue frio» e continua sem responder aos pedidos para a libertação de Chen.

O gabinete do presidente disse, em comunicado que «compreendia» as razões que levaram Anette Lu a tomar esta decisão, mas apelou a que não avançasse com a greve de fome.

O antigo presidente de 64 anos, que cumpre uma pena de 20 anos, viu a liberdade condicional ser-lhe negada no início do mês. Chen Shui-bian sofre de apneia do sono e depressão, de acordo com o «South China Morning Post».