Uma criança de seis anos matou o irmão mais novo, de três, com a arma do pai, em Chicago, nos Estados Unidos.

 

Os dois irmãos estavam a brincar aos polícias e ladrões na noite de sábado, quando o mais velho disparou uma arma, que estava carregada e escondida em cima do frigorífico de casa, embrulhada numas calças de pijama.

 

O pai das crianças foi detido e constituído arguido por ser o proprietário da arma, para a qual não tinha licença, e por a ter deixado acessível ao filho mais velho, a quem tinha mostrado onde a guardava.

 

O progenitor explicou à polícia que fazia parte de um gangue e usava a arma para proteção, depois de ter denunciado o grupo.

 

A criança baleada ainda foi levada para o hospital, mas acabou por não resistir.

 

No momento do incidente, o pai estava a trabalhar e a mãe tinha saído com o filho mais novo, um bebé de um ano. Em casa estava o avô, que não estava junto dos menores.