O tufão Koppu está agora a enfraquecer, depois de ter causado pelo menos quatro mortos e afetado mais de 200.000 pessoas nas Filipinas, onde 20 províncias ainda estão em estado de alerta, informaram fontes oficiais.

A tempestade, que chegou no domingo à costa da província de Aurora com rajadas até 210 quilómetros por hora, afeta esta segunda-feira o extremo norte das Filipinas com ventos de 120 quilómetros por hora e chuvas fortes.

Porta-vozes dos governos locais das zonas afetadas confirmaram a existência de pelo menos quatro mortos.

A subida do nível das águas causada pelo tufão deixou muitos filipinos presos nos telhados das casas, à espera de serem resgatados.

As chuvas torrenciais no domingo inundaram vastas zonas de plantação de arroz a norte de Manila, indicaram as equipas de resgate.

Cerca de 70 localidades ficaram inundadas e muitos residentes tiveram de pedir ajuda.