Cinco mortos e mais de 500 pessoas estão desaparecidas na sequência de fortes inundações, nos Estados Unidos.

O presidente Barack Obama já decretou o estado de emergência no Colorado.

Há imagens dramáticas dos salvamentos e do trabalho das equipas de resgate.

Há quatro dias que chove sem parar no Colorado e o resultado está à vista: cheias de uma violência rara. Milhares de dramas pessoais. Heróis das equipas de resgaste que salvam o maior número possível de pessoas.

No terreno, a hora é ainda de procurar sobreviventes. Há mais de 500 desaparecidos. Ninguém sabe se estão mortos ou vivos.

A força das águas corta estradas e parte o asfalto em pedaços. A água rebenta com torres de comunicações móveis e postes de eletricidade. Deixa à deriva milhares, sem casa, que lutam no desespero de salvar o máximo de bens pessoais.

Para este domingo está prevista ainda mais chuva. O drama do Colorado poderá assumir contornos de tragédia já que o número de vítimas mortais não para de aumentar. No caso mais recente, uma mulher de 60 anos foi arrastada pela corrente. O seu corpo ainda não foi encontrado.

As autoridades do Colorado pouco mais podem fazer. Restam os apelos para que todos os afetados pelas cheias se dirijam para as terras mais altas.