As fortes chuvas que se fizeram sentir no final da tarde de quinta-feira, em Madrid, Espanha, obrigaram os bombeiros a efetuar um total de 50 intervenções em apenas 35 minutos, entre as 18h15 e as 18h45.

Segundo o El Mundo, os serviços de emergência registaram 154 ocorrências, entre as quais, inundações, cheias e quedas de árvores.

As inundações obrigaram à interrupção da circulação do metro de Madrid,entre as estações Argüelles e Alto de Extremadura. Também algumas estradas, lojas e hospitais registaram inundações.

Carabanchel, Latina e Tetuan foram as zonas da capital espanhola mais afetadas pelo mau tempo.

O Hospital La Paz teve de transferir alguns pacientes para o Hospital Clínico San Carlos e Ramón y Cajal, uma vez que alguns departamentos ficaram alagados. As inundações mais graves ocorreram no departamento de emergência.

Nas redes sociais foram partilhadas várias imagens e vídeos que mostram o rasto de destruição que as cheias originaram.