"Recuso-me a sentir-me envergonhada e triste todos os dias por não alcançar padrões de beleza ridículos e inatingíveis.”

“Quanto mais nos fazem perder peso e ser magras, mais os designers têm que fazer roupas que caibam em nós e mais jovens ficam doentes. Não é mais esta imagem que eu escolho representar", escreveu a manequim .


 

Today I plan to share with you some of the messages I've received from people worldwide. Some have asked to remain...

Posted by Charli Howard on  Domingo, 18 de Outubro de 2015

"O trabalho de modelo por si só é fantástico. Mas se eu for contratada de novo, espero que seja em uma agência que me respeite e ao meu corpo", conclui.

"Não esperava isso. O trabalho de modelo é muito solitário e achei que estaria sozinha nesta luta. Mas o facto de ter sido tão partilhado mostra que isso está a afetar todos: homens, mulheres, transgênero, pessoas de culturas diferentes. É um problema mundial", afirmou a jovem numa entrevista à BBC.


 

Thrilled to announce that I am now represented by Muse NYC!Am thrilled to be part of an agency that celebrates different sizes and ethnicities.Any enquiries please contact trudi@musenyc.com❤️

Posted by Charli Howard on  Quarta-feira, 21 de Outubro de 2015