A apresentadora de programas de culinária, a britânica Nigella Lawson, afirmou esta quarta-feira, à saída do tribunal, que o seu marido a tentou destruir quando afirmou que ela estava «sempre» sobre o efeito de cocaína.

Nigella, adimitiu perante o juiz que se drogou várias vezes com cocaína, mas que «nunca foi uma viciada», avançou a Reuters.

Lawson esteve presente no tribunal de Isleworth, Reino Unido, para depor no caso de uma fraude alegadamente cometida pelas suas assistentes, as irmãs Francesca e Elizabetta Grillo, acusadas de gastarem 825 mil euros com o cartão de empresa do ex-marido de Lawson.

Segundo o «Independent», a apresentadora foi chamada a depor como testemunha no caso em que também lhe são tecidas críticas de gastar mais de 1 milhão e 400 mil euros, num só ano, com cinco assistentes pessoais, usando o cartão de crédito da empresa do marido.

As irmãs acusadas declararam-se inocentes e alegam que Lawson as deixou gastar quanto elas quisessem, desde que se mantivessem «caladas» quanto ao seu uso de cocaína e outras drogas.



Nigella e o ex-marido Charles Saatchi divorciaram-se depois de serem divulgadas fotografias onde se via Saatchi a apertar o pescoço da então mulher, num restaurante. À saída do tribunal, Nigella acusou o ex-marido de tentar destruir a sua vida caso o seu nome não fosse limpo em tribunal.

«Se eu não voltasse para limpar o nome dele, ele ia destruir-me», disse Nigella. «Ele já começou a espalhar falsos rumores de uso de drogas».

Quando Saatchi descobriu que as irmãs Grillo iam utilizar o uso de drogas como defesa contra Nigella, «ameaçou-me», afirmou a apresentadora.

«Eu perguntei: que acusações de drogas? Não vai haver nenhumas», contou Lawson, sobre as acusações que apareceram num blogue designado a salvaguardar a imagem de Saatchi.

«[Estas acusações] foram enviadas para todos os media, e eu achava que seria levada a julgamento. Acabou por acontecer, mas estou feliz por responder a essas acusações aqui [no tribunal] e perante a imprensa mundial. Isto chega depois de um verão de bullying», afirmou Nigella.

Durante a audiência, o advogado de defesa de Elizabetta Grillo perguntou a Nigella Lawson se o seu marido tinha um feitio difícil. «Sim, ele tem, penso que ninguém pode negar isso», afirmou a apresentadora.

Já quando lhe foi perguntado se o seu ex-marido era uma figura paternal e tradicional, Nigella não teve dúvidas e afirmou que «ele não queria 'fazer parte' da família».

Na última semana o ex-marido de Lawson, Charles Saatchi, disse ao júri que ainda amava a mulher e não acreditava que ela tomasse quaisquer drogas.