Um afegão foi preso depois de casar com uma menina de seis anos. Segundo o Independent, Mohammad Karim, com cerca de 60 anos, defende que o matrimónio foi legal e que a menina foi uma “oferta religiosa” feita pelos pais da menor.

Contudo esta informação não é confirmada pelos progenitores da criança. De acordo com a mesma fonte, foi o casal que denunciou o homem à polícia alegando que Mohammad Karim levou a criança da localidade onde vivia sem o seu consentimento.

Enquanto as investigações decorrem, a menina, cujo nome não foi revelado, está sob a tutela do departamento para os assuntos das mulheres na província afegã Ghor.

A criança não fala, só repete: tenho medo deste homem”, disse uma porta-voz do departamento.

No Afeganistão, a idade legal para casar é de 16 anos para as mulheres e 18 para os homens, mas os matrimónios com crianças são comuns, principalmente com menores do sexo feminino.

De acordo com o Ministério afegão da Saúde Pública, 53% das mulheres com idades compreendidas entre os 25 e os 49 anos casou antes de ter 18.