O enredo «Griô conta a história: um olhar sobre a África e o Despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a Trilha da Nossa Felicidade», da Escola Beija-Flor de Nilópolis, foi a vencedora do Carnaval do Rio de Janeiro. É já o 13º título alcançado pela escola, que terá recebido um patrocínio de 10 milhões de reais, cerca de 3 milhões de euros da Guiné Equatorial. 

A escola que desfilou no segundo dia do Grupo Especial do Rio, exibiu máscaras, carrancas e plumas para exaltar a cultura e alma africana. Neguinho, que comemora 40 anos à frente da escola, foi o responsável por treinar os 3.700 elementos da escola, distribuídos em 42 alas e sete carros.

«Sentimento é de dever cumprido», afirmou Neguinho.

Beija-flor, que no ano passado ficou em 7º lugar na tabela de classificações, somou 269.9 pontos dos 270 pontos possíveis. A segunda classificada foi a escola Salgueiro com menos 0,4 pontos de diferença em relação à vencedora, seguindo-se a escola Grande Rio, Unidos da Tijuca, Portela e Imperatriz.

No próximo sábado, a partir das 21:30 decorrerá o desfile das escolas vencedoras.