Centenas de voos domésticos, previstos para hoje no norte e nordeste do Japão foram cancelados devido à queda de neve e às fortes rajadas de vento qualificadas de «terríveis» pela agência meteorológica nipónica.

O Japão, atingido no verão por potentes tufões que frequentemente condicionam o tráfego aéreo, sofre no inverno com tempestades de neve.

As duas principais companhias aéreas japonesas – a Japan Airlines (JAL) e a All Nippon Airways (ANA) – anunciaram hoje o cancelamento de centenas de voos domésticos, havendo risco de outras ligações virem ainda a ser suprimidas, indicaram os porta-vozes das transportadoras à agência AFP.

Segundo as informações prestadas esta manhã, a JAL anulou 100 voos e a ANA um total de 158.

«Ventos violentos começaram a atingir o oeste do país», disse uma porta-voz da ANA, companhia que também cancelou dois voos internacionais.

As companhias aéreas de menor dimensão também decidiram deixar em terra parte das aeronaves que deviam servir destinos a norte, como Sapporo.

Ao início do dia de hoje, na parte mais a norte do Japão, as rajadas de vento, que atingiam 150 quilómetros por hora, faziam-se acompanhar por significativos nevões.