Três funcionários da companhia ferroviária Montreal Maine e Atlantic (MMA) foram detidos, na segunda-feira, por causa do descarrilamento a 6 de julho de 2013 de um comboio, que causou 47 mortos, na localidade de Lac-Mégantic, no Canadá.

Os detidos são o maquinista que estava a cargo do comboio, Thomas Harding, o gestor de operações ferroviárias da MMA, Jean Demaitre, e o controlador de tráfego na altura do acidente, Jean Pascal Boucher, informou a polícia do Quebec em comunicado.

Os três detidos e a empresa norte-americana serão formalmente acusados esta terça-feira de ação negligente, indicou fonte oficial, citada pela Efe.