Não foi só o liberal Justin Trudeau que foi eleito no dia 19 de outubro no Canadá. A mulher do novo primeiro-ministro parece também ter sido a eleita pelos canadianos. Os carinhos e os beijos constantes trocados entre Sophie e Justin em locais públicos e os momentos que partilham nas redes sociais fazem deles o centro das atenções.
 

O casamento, em 2005, já foi alvo da curiosidade dos media. Afinal, ambos já eram figuras públicas. Ele, filho do antigo primeiro-ministro, captou a atenção das objetivas desde que nasceu. Ela, com os seus cabelos longos e loiros e o sorriso fácil, era apresentadora de televisão.

Foto: Reuters


Dessa altura permanece o cabelo e o sorriso. Sophie, de 40 anos, é agora uma mãe a tempo inteiro de três filhos. Não se inibe de dizer que ainda amamenta o mais novo, nascido em 2014. Tornou-se instrutora de ioga e habitualmente é de roupas práticas e fatos de treino que se veste no dia-a-dia.


Foto: Reuters

 

“As pessoas pensam que a vida que eu levo, ou que nós levamos, é feita com motoristas e luxos. Não é nada assim”.


Sophie afirmou à CTV que a sua vida vai mudar muito pouco com a eleição do marido. Disse que vai continuar a fazer os “almoços dos filhos, a levá-los à escola e a deitá-los na sua cama nas manhãs de fim de semana”, como qualquer mãe, como uma mulher normal. Até confessou ter sofrido de bulimia nervosa a partir dos 17 anos, doença que só veio a ultrapassar com terapia já depois dos 20. É, por isso, embaixadora de várias causas sociais e não se inibe de contar a sua história para ajudar jovens que sofram do mesmo problema.

Licenciada em Artes, a filha única de uma enfermeira e de um corretor da bolsa, com uma infância normal e feliz, foi colega do irmão mais novo de Justin na escola. Mas a história de amor começaria muito mais tarde. Em 2003, Justin Trudeau foi convidado para apresentar uma gala de solidariedade com a apresentadora de televisão, Sophie Gregoire. Meses depois, namoravam.

Foto: Reuters


Sophie contou ao Global News que Justin levou três meses para convidá-la para um encontro. Conversaram durante horas, cantaram karaoke e comeram gelado. No final, Justin Trudeau levou Sophie a casa e disse-lhe: “Tenho 31 anos. Há 31 anos que estou à tua espera”. E “chorararam como bebés”, revelou Sophie Gregoire-Trudeau.

Na realidade, Sophie reconheceu publicamente que o seu casamento tem momentos difíceis, consequência do trabalho stressante do marido e da dinâmica que exige criar três crianças, mas garantiu que embarcaram "juntos nesta viagem”.