Três suspeitos com ligação aos atentados de Barcelona e Cambrils foram detidos pela polícia francesa, em colaboração com a Guardia Civil e a polícia de Barcelona. A informação foi confirmada pelo ministro do Interior, Juan Ignacio Zoido, no Twitter.

Segundo o El País, os detidos são três pessoas que têm ligações a Driss Oukabir, detido por presumível associação à célula terrorista responsável pelos atentados de agosto de 2017. 

As detenções foram feitas pelos departamentos do sul de França, Gard e Tarn, e foram ainda efetuadas buscas domiciliárias. 

Driss Oukabir é cidadão marroquino nascido em Aghbala e a viver legalmente em Espanha, e é conhecido das autoridades espanholas, depois de ter cumprido pena na prisão de Figueres, de onde saiu em 2012, revela o El País.

Segundo as autoridades espanholas, teria sido Oukabir a alugar a carrinha usada para investir contra a multidão que passeava nas Ramblas. Os ataques na Catalunha fizeram pelo menos 19 mortos, entre vítimas e suspeitos abatidos.