Quatro anos depois de perder o filho num acidente com uma arma, nos Estados Unidos, Dawn Grace conheceu o homem que recebeu o coração do jovem. No dia em que se completou o quarto aniversário sobre a morte do filho, Dawn ouviu o coração de Calen bater no peito de Joe.

Em agosto de 2012, Calen Grace, então com 14 anos, disparou sobre si mesmo acidentalmente com uma arma que pensava estar descarregada. O jovem ainda chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu. Morreu poucos dias depois, a 02 de setembro. Os seus órgãos foram doados e o coração salvou a vida de Joe Hansen, que estava na fila de espera para um transplante.

Calen Grace, poucos dias antes da sua morte (Facebook/Nebraska Medicine)

Esta terça-feira, quatro anos após o acidente, Joe Hansen conheceu pessoalmente os pais de Calen. Neste período, tinham mantido contactos e Joe até tem uma fotografia de Calen, que traz na carteira. Mas nunca se tinham visto. A emoção foi grande.

Nunca me senti tão bem na minha vida”, disse Dawn Grace, que vive no Kentucky, citada pela Fox Carolina.

 

É tão lindo. Soa maravilhosamente!”, exclamou Dawn, quando ouviu o coração no peito de Joe.

Dawn Grace arrepende-se agora do egoísmo inicial. É que, logo após saber da morte cerebral do filho, Dawn não quis doar os órgãos de Calen. Mas teve uma visão do filho: “Ele disse-me: ‘Mãe, o que estás a fazer? Esta não és tu’”.

Sinto-me abençoada, sinto-me agradecida”, disse Grace.