A polícia do Egito usou gás lacrimogénio para dispersar os estudantes que estavam em protesto esta segunda-feira no Cairo.

Esta foi a primeira manifestação na capital egípcia depois de este domingo ter sido aprovada uma lei que limita os protestos civis.

Desde o dia 24, os civis estão obrigados a marcar com dias de antecedência qualquer tipo de manifestação, que fica sujeita a aprovação do governo.

A manifestação organizada pelos estudantes da universidade de Al-Azhar e Assiut desafiou a nova lei, e durante o protesto os estudantes entoaram cânticos contra a polícia e o exército.

A polícia não hesitou em usar gás lacrimogénio para dispersar com sucesso todos os jovens, diz a agência Reuters.