Quinze pessoas morreram num ataque a um restaurante muito frequentado por estrangeiros em Cabul, no Afeganistão. Entre as vítimas está o representante do FMI no país.

O ataque começou quando um bombista suicida se fez explodir, por volta da hora do jantar, à porta do estabelecimento, que fica situado numa zona de embaixadas e organizações internacionais.

Em seguida, dois homens armados entraram no restaurante e começaram a disparar indiscriminadamente.

Cerca de 20 minutos depois, os atacantes foram mortos, quando as forças de segurança chegaram ao local.

O ataque foi reivindicado por elementos talibã.