O chefe de Estado brasileiro, Michel Temer, foi hoje levado para um hospital para ser submetido a exames médicos, depois de se ter sentido mal quando se encontrava no Palácio Presidencial, revelou o Governo em comunicado.

"O Presidente Michel Temer teve um desconforto no fim da manhã de hoje e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto", diz o comunicado assinado pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República.

"O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado para o Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exames e devido tratamento", refere o Governo no comunicado.