Explosões foram ouvidas perto da base aérea militar de Mezzeh na Síria, perto da capital, Damasco, no início de domingo, segundo reporta a agência de notícias Reuters.

As explosões foram relatadas inicialmente por moradores a um canal de televisão libanês.

De acordo com a Reuters, com base nas declarações de um oficial das tropas que apoiam o regime, as explosões deveram-se a ataques com mísseis que visaram a base militar, levando os sistemas de defesa aérea síria a responder.

A Síria já acusou antes Israel de atacar a base, algo que o governo israelita não confirmou especificamente, embora tenha admitido ter realizado ataques aéreos contra o governo de Damasco.

Sediado em Londres, o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, disse que as explosões se deveram a ataques aéreos israelitas, tendo causado mortos e feridos.

Depois destas informações circularem, meios de comunicação sírios negaram ter havido um ataque com mísseis contra a base militar. Adiantaram que os rebentamentos foram causados por uma explosão num depósito de munições devido a um problema elétrico.